Virar a Mesa do Avesso – Bate- Papo com Paulo Moreiras – Visite Comigo

A soberba Algar de Benagil no Algarve – Dica Ouro
18 Junho, 2018

Virar a Mesa do Avesso – Bate- Papo com Paulo Moreiras – Visite Comigo

Os escritores Duarte Belo e Paulo Moreiras partilharam o melhor da gastronomia portuguesa, em Baião, o destino não poderia ser melhor, o local onde o escritor Eça de Queiroz escreveu sua última obra” A Cidade e as Serras”, foi este o cenário da 2º edição do “Virar a Mesa do Avesso”.

O Visite Comigo esteve presente neste destino, mais precisamente no Restaurante de Tormes, um espaço com identidade própria, como não poderia deixar de ser. Este restaurante nos impulsiona logo na chegada a tomar uma decisão, se corremos e avançamos diretamente para a mesa ou se damos aquele espreitada primeiro na Fundação Eça de Queiroz, que está ali mesmo ao lado, com exposição permanente das memórias do famoso escritor. 

Pub

Planejar uma viagem no Norte de Portugal, não precisa de ser tão complicado. No aplicativo do Visite Comigo você tem tudo o que precisa ao alcance de um clique, dentro e fora dos roteiros habituais.

Play Store 

App Store 

Este evento foi uma iniciativa do jornalista Fernando Alves, onde o mesmo, desafiou dois importantes e reconhecidos escritores portugueses, a colocarem o chapéu de chef e partilharem sabores únicos da gastronomia portuguesa.

Foram dois dias incríveis,  onde o primeiro dia foi partilhada a mesa a homenagem do escritor Duarte Belo ao pão, com o auxilio do chef da casa António Queiroz Pinto

Já no segundo dia, onde estivemos presentes, não sei dizer ao certo se foi pelo ar puro que se respira à volta do restaurante, se foi pela vista para o vale verdejante ou pela inspiração que levou o escritor Paulo Moreiras, com a ajuda do chef António Pinto, a trazer as memórias de sua infância. 

O certo é que a atmosfera que envolveu aquele ambiente, conjugadas com cada um dos sabores partilhados, desde a sopa de castanhas, bochechas de porco bízaro e os mexidos pantomineiros, excederam todas as expectativas, as almas dos chefs estavam lá presente em cada um dos pratos.

 

 

É certo dizer que os profissionais do serviço da sala, a decoração que gira em torno do renomeado escritor português Eça de Queiroz e o vinho avesso – ah!! o avesso, este também estava divinal. Acredito que todos esses ingredientes somados, é como se a gastronomia fosse daqueles livros que você começa ler, folhear e a sentir a emoção que aquele momento transmite.

Esses instantes, vão estar presentes sempre que quisermos lembrar de algo bom que vivemos, vou com certeza recordar aquela sensação boa daqueles breves momentos. 

Após o jantar o escritor Paulo Moreira partilhou suas memórias de infância e aprendizado com jornalistas Pedro Pinheiro e Fernando Alves, na presença de todos os convidados da tertúlia ,vale a pena conferir no video abaixo. 

 

Os comentários estão fechados.